Geral, Moda

AFINAL, O QUE É MODA?

Oi gente, tudo bem? Nesse post contarei um pouco, superficialmente, sobre o que é moda. Usei esse texto para a elaboração da minha monografia e agora na faculdade dei continuidade em um novo trabalho que postarei em breve sobre a história da lingerie, porém, afunilando mais para a historia da calcinha. Fique de olho!

 

mda

A raiz etimológica da palavra moda, introduzida na língua italiana em torno de 1650, é derivada do latim mos, que significa uso, costume, hábito, tradição, boas maneiras, moralidade e, ainda, lei, tipo, regra. Por esta lista de significados fica claro que, embora moda seja a expressão de uma orientação individual, essa orientação tem de enfrentar um sistema de regras sociais que definam o que pode ser considerado “na moda” em determinado momento local.(COBRA, 2007. p.9-10.)

Assim como Cobra, Lars (Svendensen, 2004, p. 20) afirma que A moda não diz respeito apenas à diferenciação de classes […], mas está relacionada à expressão de nossa individualidade. A roupa que vestimos pela manhã não deixa de ser moda, pois há fatores muito antigos até chegar a seu guarda-roupa, porém, de acordo com a percepção de cada um, esta moda pode estar “in” ou “out”, ou seja, agora ela pode estar em alta ou não. Podemos tomar como exemplo estes três gráficos.

grafico

O tempo é muito importante quando falamos de moda, pois como vemos no gráfico, ela varia e, de acordo com Jones, além de as pessoas precisarem, em sua maior parte, de várias trocas de roupa para usarem durante a semana, as roupas costumam ser frágeis, podendo gerar defeitos e posteriormente gerando a troca.

(Jones, 2012, p. 58-59) A troca é uma necessidade tanto prática quanto social[…] O comércio capitaliza a obsolência das roupas, e há uma expectativa não declarada de que renovemos nossos guarda-roupas[…].

O comércio, portanto, move desde antigamente uma parte da moda. Roupas que neste ano estão na moda, não estarão nos catálogos do próximo ano. A outra parte que começou a mover a moda foi a moderninade com a abolição de tradições. A mudança foi se tornando cada vez mais comum e, como Svendsen defende, (SVENDSEN, 2004, p.24)a moda é irracional, mudando pequenos detalhes rapidamente sem nenhuma razão aparente exceto a própria mudança. A liberdade nos tirou uma tradição, porém nos tornou escravos da mudança e cada vez que todos aderiram a esta mudança, chega a hora de mudar novamente. (Marc Froment-Meurice , 1995, p.23)Une saison en enfer: “Temos de ser completamente modernos”.

Com o surgimento de duas grandes revistas de moda, como a inglesa Lady’s Magazine (1770) e a alemã Jounal des Luxus und der Moden (1786), a propagação da moda foi se tornando cada vez mais rápida, servindo como fonte de informação do que era “in” e “out”, para homens. Nesta época então, a mídia começa a impor sua percepção de Belo.

Gostaria de descrever ainda mais sobre o assunto moda para acrescentar mais conteúdo desse assunto ao seu repertório então, farei outros posts em breve.

Moda não é um assunto banal, não são só futilidades. A moda gera emprego para milhares de pessoas, mas isso é assunto para um próximo post. Espero seu feedback, beijos e até o próximo post…

Participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s